Por que os cães destroem tudo quando ficam sozinhos?

Uma das queixas mais comuns dos donos de animais de estimação é que seus cães destroem tudo quando sando deixados sozinhos. Os cães podem urinar, defecar, latir, uivar, mastigar, cavar ou tentar escapar quando tem a casa toda para si. Embora esses problemas geralmente indiquem que um cão precise ser educado, eles também podem indicar alguns sintomas de angústia.

Quando os problemas de um cão são acompanhados por outros comportamentos de angústia, como ficarem agitados e mostrar ansiedade quando os donos estão pontos para sair, isto pode ser um indicativo de um problema mais sério: a ansiedade de separação.

A ansiedade de separação é desencadeada quando os cães ficam chateados por causa da separação de seus donos. As tentativas de fuga de cães com ansiedade de separação são muitas vezes perigosas e podem resultar em lesões corporais e destruição de residências, especialmente em torno de pontos de saída como janelas e portas.

Alguns cães que sofrem de ansiedade de separação ficam agitados quando seus responsáveis ​​se preparam para sair. Outros parecem ansiosos ou deprimidos antes da partida de seus responsáveis ​​ou quando eles não estão presentes. Alguns tentam impedir que seus guardiões saiam. Geralmente, logo após o tutor deixar o seu cachorro, ele começa a latir e a exibir outros comportamentos de angústia dentro de um curto período de tempo após ser deixado sozinho – geralmente em poucos minutos. Quando o tutor volta para casa, o cachorro age como se tivesse passado anos desde a última vez que viu o seu humano.

Ao tratar um cão com ansiedade de separação, o objetivo é resolver a ansiedade subjacente do cão, ensinando-o a gostar, ou pelo menos tolerar, de ficar sozinho. Isso é feito adaptando o ambiente para que o cão experimente a situação que provoca este comportamento destrutivo, ou seja, ficar sozinho, sem experimentar medo ou ansiedade.

Os motivos pelos quais os cães destroem coisas quando você está ausente

Lembre-se de que os cães não podem falar nossa língua. Mas você pode ter certeza de que um cachorro que está destruindo coisas está deixando uma mensagem clara. Você apenas precisa descobrir qual é a mensagem e, em seguida, pode responder adequadamente. Aqui estão algumas das principais razões pelas quais um cão pode destruir as coisas quando está sozinho.

Infância Canina

Filhotes são famosos por mastigar. Seus dentes estão crescendo o que significa que as suas gengivas estão doendo e coçando. Tudo isso faz com que um filhote precise mastigar, assim como um bebê humano. Alguns proprietários pensam, “bem, quando ele crescer irá parar de mastigar tudo!”. No entanto, se você permitir que este hábito se forme, seu filhote continuará mastigando itens inapropriados pelo resto da vida.

Tédio

Os cães ficam entediados. Independentemente da raça ou tamanho, todos os cães precisam de exercício e estimulação mental. Se você não fornecer o suficiente, pode ter certeza de que seu cão encontrará algo para fazer quando estiver sozinho, e você não ficará satisfeito com os resultados.

Ansiedade de separação

Este é o tipo mais extremo de comportamento destrutivo. Cães com verdadeira ansiedade de separação farão coisas bastante intensas, como tentar fugir de casa ou destruir tudo que encontrar pela frente.

Dicas para lidar com um cão destrutivo

Como você lida com o comportamento destrutivo do seu cão vai depender do motivo pelo qual ele está fazendo isso. Se você suspeitar que seu cão sofre de ansiedade de separação, precisará da ajuda de um instrutor profissional. Utilizando técnicas de reforço positivo, será possível ajudar o seu melhor amigo a superar seus medos e impedir a destruição.

Para filhotes e cães que sofrem de tédio, você tem algumas opções fáceis:

Exercícios

Mais exercício e mais estimulação mental! Isso ajudará a fazer com que o seu cachorro fique cansado ​​demais para mastigar. A estimulação mental inclui coisas como brinquedos de quebra-cabeça e treinamento que fazem seu cão pensar.

Escolhas apropriadas

Verifique se o seu cão tem acesso a brinquedos apropriados que ele pode mastigar com segurança. Elogie seu cão se você perceber que ele tomando a decisão de mastigar um brinquedo em vez de seu sofá. Então, quando você sair de casa, será mais provável que ele procure o brinquedo certo para se entreter.

Remova o acesso

Limite o espaço do seu cachorro para que ele não tenha acesso a coisas que você não queira que ele destrua. Isso irá evitar a dor de uma bagunça quando você chegar em casa e possivelmente uma visita ao veterinário por ingerir algo que ele não deveria. Coloque um portão para limitar a área de circulação. Mas evite deixar o seu cachorro preso no mesmo espaço por muito tempo. Ele pode ficar irritado e acabar causando um estrago ainda maior. Nunca, sob hipótese alguma, deixe o seu cão sozinho em casa preso a uma guia. Isso pode ter consequências graves a saúde do seu cachorro caso ele tente escapar.

Se você vai deixar seu cão solto, certifique-se de deixar o espaço seguro para ele, e é claro, para a sua casa. Feche as portas dos quartos que possuam coisas  que podem despertar a curiosidade do seu cachorro e fazer com que ele queira entrar, como brinquedos para crianças ou seu guarda-roupas. Coloque o controle remoto da TV fora de alcance ou em uma gaveta. Travas de segurança para bebes são uma boa solução para deixar a sua casa a prova de cachorros. Garanta que portas e janelas estejam trancadas.

Curso de Adestramento

Se o seu cachorro sofrer com ansiedade de separação ou não se adaptar a algumas mudanças que indicamos acima, é necessário investir em um treinamento mais eficiente. No nosso curso de adestramento você irá aprender técnicas para acabar com a ansiedade do cachorro. Com um cachorro que sabe ficar bem sozinho em casa você ficará muito mais tranquilo e a sua casa muito mais segura.

Saiba mais clicando aqui